SEGURO AUTOMÓVEL

 Quais os critérios que eu devo ter para escolher o seguro?

 Uma das regras básicas em seguro é reduzir o risco que as seguradoras vão assumir para garantir a indenização pelos prejuízos previstos nas coberturas da apólice. Quanto menor o risco, menos você vai pagar pelo seguro. O cuidado com seu automóvel revela perfil de bom motorista e diminui o preço do seguro. Se você não utilizar o seguro durante o prazo de validade (vigência) da apólice, terá direito a descontos na renovação, chamados bônus. Por outro lado, o seguro do seu carro pode ficar muito mais caro se você prestar informações não verdadeiras no questionário que define o perfil do segurado. Declarações falsas e incompletas ou omissão de informações determinantes para o cálculo do prêmio são motivo suficiente para as seguradoras poderem recusar o pagamento da indenização.

 É possível economizar no preço do seguro, sem perda da qualidade? 

 Procure a indicação de um corretor. A maioria das seguradoras adotou o questionário do perfil do segurado para avaliar o risco e determinar o preço do seguro. Quanto menor for o risco que você e o seu veículo representarem, menos você vai pagar. Uma boa notícia é que o preço dos seguros de automóveis cresceu menos que a inflação (ou seja, houve queda real de preços), causada pelo aumento da competição entre as seguradoras. 



 Quais os fatores que influenciam no preço do seguro de automóveis?

 O custo do seguro varia de acordo com marca, tipo, ano de fabricação, região onde você mora e também com o perfil do motorista e uso do veículo. Na formação do preço entram ainda as garantias contratadas, o valor da franquia, o plano de Assistência 24h, os bônus e eventuais descontos especiais. Por exemplo, um seguro de automóvel zero quilômetro é, em geral, mais caro que o de um carro com vários anos de uso. O mesmo ocorre se o veículo se localizar em cidades com altos índices de roubos, colisões, etc. 

 O que são bônus?

 As seguradoras atribuem uma classe de bônus para cada apólice, em função do número de anos de contratação do seguro e da quantidade de sinistros. Essa classe de bônus é reconhecida pelas seguradoras mesmo quando o cliente troca de corretor ou seguradora na renovação da apólice. Avançar na escala da classe de bônus representa desconto no preço do seguro, que varia de seguradora para seguradora. O benefício dos bônus pertence ao segurado, correspondendo às suas características de motorista. Por isso, a substituição do veículo na apólice não altera a classe de bônus conquistada, mas a alteração de segurado ou de condutor, sim. Além do bônus, algumas seguradoras ainda dão desconto por fidelidade do segurado na renovação da apólice.

 O que é vistoria prévia?

 Uma das exigências das seguradoras para aceitarem o seguro do seu carro é a realização de uma vistoria prévia. Esta exigência, contudo, é dispensada para automóveis zero quilômetro, e também na renovação do seu seguro, quando não há modificações nas coberturas e nas características do veículo. Em algumas situações, no entanto, as seguradoras não dispensam a vistoria em renovação de outra seguradora. Você vai precisar vistoriar o seu automóvel quando: contratar um seguro novo de um veículo usado; trocar de carro por um usado; incluir novas coberturas ou ampliar os limites das coberturas contratadas; e reduzir a franquia. As seguradoras têm postos de vistoria definidos e você pode agendar a sua na empresa que lhe for mais conveniente, com data e hora marcada. Em algumas situações é possível a realização da vistoria em local escolhido pelo cliente: sua casa ou trabalho, por exemplo.

 Qual o papel do corretor na contratação do seguro?

 

 O corretor deve ser visto como um consultor, alguém que vai ajudá-lo a encontrar o seguro mais adequado às suas necessidades. Ele vai orientá-lo na escolha da seguradora e dos tipos de cobertura mais adequados ao seu perfil de motorista e aos riscos a que o seu carro está exposto todos os dias. No caso de acidentes, roubo ou perda do seu veículo, é o corretor quem vai representar você perante a seguradora.

 Existe um seguro de automóvel específico para o meu filho adolescente?

 Se você tem filho(s) adolescente(s), movido(s) em geral mais pela audácia da emoção que pela cautela racional, o risco de acidentes aumenta e, infelizmente, o prêmio do seguro do seu carro também. Para evitar aborrecimentos no caso de eventual pedido de indenização, tão logo o seu filho ou filha adolescente comece a dirigir, comunique ao corretor e peça para incluí-lo no questionário do perfil do segurado como um dos motoristas do seu automóvel.

 No caso de seus filhos terem o próprio carro, a inclusão destes no seguro familiar pode deixar o prêmio mais barato do que em uma apólice individual. Converse bastante com seus filhos sobre a gravidade e a importância de uma direção segura, conscientize-os dos perigos da combinação de direção com álcool e sono, de falar ao celular na direção, de utilizar fones de ouvido e de conversar com os amigos enquanto dirige. O seu exemplo também contribui para o comportamento de seus filhos ao volante. Por isso, se beber, não  dirija. 

 O motorista jovem e inexperiente, na faixa dos 18 aos 25 anos de idade, no entanto, pode ter avaliação de risco melhor e o custo do seguro reduzido se tiver boa conduta na direção. Frequentar um curso de direção segura e defensiva (muitos dos departamentos de trânsito regionais oferecem cursos gratuitos) pode ajudar a conseguir um desconto no prêmio.

SEGUROAUTOMOVÉL.png

SEGURO AUTOMÓVEL